News

CAIXINHA DE SURPRESAS

07 October 2015

3660274fe35695699209c0be15ec7a2cx

O Fiat 500X chegou ao mercado angolano. Pequeno, mas com tracção às quatro rodas, motor potente e acabamento elegante, pronto para o dia-a-dia em qualquer estrada ou aventuras ao fim-de-semana.

O “caixa de fósforos” (alcunha dos minis no século passado) Fiat 500, de 1957, era um dos mais representativos modelos do tipo, com o seu motor de menos de um litro de cilindrada, colocado na traseira e quatro lugares. O “500” foi ressuscitado na década passada sob impulso da onda retro que no final do século XX devolveu ao mercado o Volkswagem “Fusca” e mais tarde o Mini. Como o último, tem evoluído para versões familiares como o 500L e agora o 500X, em que a penúltima letra do alfabeto o conota com poderes para evoluir do asfalto das cidades para ambientes de aventura.

bancoEsta é mais uma surpresa da série 500 de que já se conheciam o motor à frente, as quatro portas e bagageira condigna, no 500L. Medindo 4,25 m de comprimento, 1,62m de antura e 1,80 de lartgura o 500X oferece flexibilidade, racionalidade, suficiente, espaço no interior, materiais de elevada qualidade e tecnologia sofisticada ao serviço de segurança, conforto e bem-estar a bordo. O design é requintado e complexo e os acabamentos são muito agradáveis tal como o conforto e a ergonomia.

Os assentos são um tanto exíguos, sem ajuste eléctrico, mas aceitáveis para o tamanho do 500 e o revestimento em couro perfurado é muito atraente. Os restantes revestimentos são em plástico macio, duro e até em alumínio, numa combinação positiva, elaborada e de valor estético. O ambiente a bordo do 500 é muito agradável e a visibilidade suficiente não melhor pela obstrução causada pelos encostos de cabeça do assento traseiro, mas os retrovisores socorrem bem o condutor.

volanteO volante em pele é simpático para as mãos e reúne controlos para multimédia, controlo de velocidade de cruzeiro. Interage bem com o rodado dianteiro de 17 polegadas, quanto a leveza, rapidez e precisão, assegurando eficácia em manobras e estabilidade em recta.

Os clientes angolanos têm a sorte de contar com o motor de origem Jeep 2,4 l de 180cv de potência indisponível noutros mercados, que é um parceiro de valia em off-road. Esta opção é selecionável entre os três modos de desempenho do 500X através do sistema “Mood Selector”, que actua sobre o motor, travões, direcção e caixa de seis velocidades automática, permitindo três comportamentos diferentes com base no estilo de condução mais apropriado à situação ou condições da superfície: Auto (para conforto, menores consumo e emissões de CO2), Desporto (que favorece o desempenho) e All Weather (para a máxima segurança mesmo em condições de aderência precárias ou terreno irregular, areia, lama, neve).

A tracção às quatro rodas mesmo quando selecionada varia segundo a força necessária em cada eixo, o que é monitorado no mostrador de funções. Assim se reduz o desperdício de energia quando a operação de quatro rodas motrizes não é necessária, garantindo menor consumo de combustível.

O requinte a bordo completa-se pelo sistema de entretenimento, informação e comunicação controlado pelo monitor de seis polegadas. Nove altifalantes enchem a cabina de som proveniente de periféricos ligados via Bluetooth, AUX ou USB e doze cores exteriores e duas interiores facilitam-lhe o trabalho de encontrar a melhor combinação ao seu gosto.

Júlio Sousa e Silva em Revista Vida/ O País

Latest From Fiat